Poema do Dia

Não te Arrependas

Johann Goethe
Não te arrependas, Amada, porque a mim tão depressa te deste!
Podes crer, nem por isso de ti penso coisas insolentes e vis!
Vária é a acção das setas do ...

Leia mais