Castro Alves

Brasil — Poeta

14 Mar 1847 // 6 Jul 1871

198 Poemas

Principais Poemas

O Nadador

Castro Alves

E-lo que ao rio arroja-se.

As vagas bipartiram-se;

Mas rijas contraíram-se

Por sobre o nadador...

Depois s'entreabre lúgubre

Um círculo simbólico...

É o riso diabólico

Do pego zombador!


Mas ...

Leia mais


Soneto

Castro Alves
Á artista a Sra. D. JESUFNA MONTÁNI
DE GIOVANI na noite do espetáculo
em favor do Monte Pio da Bahia.

MOTE

"Das almas grandes a nobreza é esta."

GLOSA

AQUI ...

Leia mais


Resposta de Machado de Assis

Castro Alves
Rio de Janeiro, 29 de fevereiro de 1868.

Exmo. Sr. — É boa e grande fortuna conhecer um poeta; melhor e maior fortuna é recebê-lo das mãos de V. Exa, com ...

Leia mais


Poeta

Castro Alves
Meditar é trabalhar. Pensar é obrar.
O olhar fito no céu é uma obra.
V. HUGO.

Lunivers est ]e temple, et Ia serre rautel.
Les cieux sont le dbme; et ...

Leia mais


O Gondoleiro do Amor

Castro Alves
BARCAROLA

DAMA NEGRA

Teus olhos são negros, negros,
Como as noites sem luar...
São ardentes, são profundos,
Como o negrume do mar;

Sobre o barco dos amores,
Da vida boiando ...

Leia mais


Mais poemas de Castro Alves