Cassiano Ricardo

Brasil — Jornalista, poeta e ensaísta

26 Jul 1895 // 14 Jan 1974

19 Poemas

Principais Poemas

As Andorinhas de Antônio Nobre

Cassiano Ricardo
—Nos
—fios
—ten
sos

—da
—pauta
—de me-
tal

—as
— an/
do/
ri/
nhas
—gri-
tam

—por
—fal/
ta/
—de u-
ma
—cl'a-
ve
—de
—sol


In: RICARDO, Cassiano.…

Leia mais


Café-Expresso

Cassiano Ricardo
1

Café-expresso — está escrito na porta.
Entro com muita pressa. Meio tonto,
por haver acordado tão cedo...
E pronto! parece um brinquedo...
cai o café na xícara pra gente…

Leia mais


Ditirambo da Paz

Cassiano Ricardo
quero paz
não
de pás
de cal
nem de pas-
maceira

quero paz
de pás
ao ombro
paz viva
paz
que mantém
o homem
em pé
na pers-
pectiva
do…

Leia mais


João, o Telegrafista

Cassiano Ricardo
I

João telegrafista.
Nunca mais que isso,
estaçãozinha pobre
havia mais árvores pássaros
que pessoas.
Só tinha coração urgente.
Embora sem nenhuma
promoção.
A bater a bater sua única
tecla.…

Leia mais


Meus Oito Anos

Cassiano Ricardo
No tempo de pequenino
eu tinha medo da cuca
velhinha de óculos pretos
que morava atrás da porta...
Um gato a dizer currumiau
de noite na casa escura...
De manhã,…

Leia mais


Mais poemas de Cassiano Ricardo