Guilherme Azevedo

Portugal — Poeta/Jornalista

30 Nov 1839 // 6 Abr 1882

7 Poemas

Principais Poemas

A Luz do Teu Amor

Guilherme Azevedo

Oh! Sim que és linda! a inocência

Em tua fronte serena

Com tal doçura reluz!...

Tanta e tanta... que a açucena

Tão esplêndida a existência

Não lha doura assim à ...

Leia mais


Felina Mulher

Guilherme Azevedo

Eu quisera depois das lutas acabadas,

na paz dos vegetais adormecer um dia

e nunca mais volver da santa letargia,

meu corpo dando pasto às plantas delicadas.


Seria belo ouvir ...

Leia mais


Ó Máquinas Febris

Guilherme Azevedo

Ó máquinas febris! eu sinto a cada passo,

nos silvos que soltais, aquele canto imenso,

que a nova geração nos lábios traz suspenso

como a estância viril duma epopeia d ...

Leia mais


À Musa

Guilherme Azevedo

À luz das noites serenas

A capela de açucenas

Te envolve em lúcido véu!

Ao meigo clarão da lua

És a imagem que flutua

No puro ambiente do céu!


E ...

Leia mais


Os Palhaços

Guilherme Azevedo

Heróis da gargalhada, ó nobres saltimbancos,

eu gosto de vocês,

porque amo as expansões dos grandes risos francos

e os gestos de entremez,


e prezo, sobretudo, as grandes ironias

das ...

Leia mais


Mais poemas de Guilherme Azevedo