Orlando Neves

Portugal — Escritor/Poeta/Dramaturgo/Tradutor

11 Set 1935 // 24 Jan 2005

20 Poemas

Principais Poemas

O Sexo

Orlando Neves

Neste corpo, a densa neblina, quase um hábito,

lentamente descida, sedimento e sede,

subtilmente o acalma. Ancora que se desloca,

movediça e infirme. Só no olhar, além


da luz e ...

Leia mais


Todas as Noites me Sinto

Orlando Neves

Todas as noites me sinto

igual aos desconhecidos.

Sou a criança que sou,

só quando o tempo pára.


Fico em mim,

fora dos músculos.


Por que se movem os deuses ...

Leia mais


As Mãos

Orlando Neves

Brandamente escrevem dos espasmos do sol.

Envelhecem do pulso ao cérebro, ao calor baço

de um revérbero no eixo dos ventos, usura

das máscaras que, sucessivamente, as transformam


de consciência ...

Leia mais


As Lágimas

Orlando Neves

Exaltemos as lágrimas. Na pele das veias,

bom dia, águas. Gratidão ao rosto, às cores,

ao sulco nos olhos. Porquê este ardor, este

temor da erva pisada? Adormecem comigo,


meigas ...

Leia mais


O Coração - II

Orlando Neves

A solidão é perfeita como um rasgo entre

as nuvens, ao último sonho. A solidão

que se cala em teu fundo e vai envelhecendo

na terra perdida do som descompassado ...

Leia mais


Mais poemas de Orlando Neves