John Donne

Inglaterra — Clérigo/Poeta/Prosador

22 Jan 1572 // 31 Mar 1631

9 Poemas

Principais Poemas

Infinitude dos Amantes

John Donne

Se até agora ainda não possuo todo o teu amor,

Querida, nunca o terei de todo.

Não posso soltar mais um suspiro, comover-me,

Nem suplicar a mais outra lágrima que ...

Leia mais


O Câmbio do Amor

John Donne

Amor, qualquer outro diabo que não tu

Daria, por uma alma, algo em troca.

Na Corte, teus colegas, todos os dias,

Dão a arte da rima, da caça, ou do ...

Leia mais


O Indiferente

John Donne

Posso amar tanto louras como morenas,

A que cede à abundância e a que trai por pobreza,

A que busca a solidão e a que se mascara e brinca,

Aquela ...

Leia mais


O Sonho

John Donne

Amor querido, por nada menos que tu

Teria eu interrompido este sonho feliz:

Era um tema

Para a razão, demasiado forte para fantasia.

Portanto, sabiamente, me acordaste; porém

O meu ...

Leia mais


A Proibição

John Donne

Tem cuidado ao amar-me.

Pelo menos, lembra-te que to proibi.

Não que restaure o meu pródigo desperdício

De alento e sangue, com teus suspiros e lágrimas,

Tornando-me para ti o ...

Leia mais


Mais poemas de John Donne