Fernando Echevarría

Portugal — Poeta

n. 26 Fev 1929

18 Poemas

Principais Poemas

Amor à Vista

Fernando Echevarría
Entras como um punhal
até à minha vida.
Rasgas de estrelas e de sal
a carne da ferida.

Instala-te nas minas.
Dinamita e devora.
Porque quem assassinas
é um monstro…

Leia mais


Felizes

Fernando Echevarría
Felizes. Porque, ao fundo de si mesmos,
cheios andam de quanto vão pensando.
E, disso cheios,
nada mais sabem. Dão para aquele lado
onde o mundo acabou, mas resta o…

Leia mais


Vinham Rosas na Bruma Florescidas

Fernando Echevarría
Vinham rosas na bruma florescidas
rodear no teu nome a sua ausência.
E a si se coroavam, e tingiam
a apenas sombra de sua transparência.

Coroavam-se a si. Ou no…

Leia mais


A Solidão é Sempre Fundamento da Liberdade

Fernando Echevarría
A solidão é sempre fundamento
da liberdade. Mas também do espaço
por onde se desenvolve o alargar do tempo
à volta da atenção estrita do acto.
Húmus, e alma, é…

Leia mais


Qualquer Coisa de Paz

Fernando Echevarría
Qualquer coisa de paz. Talvez somente
a maneira de a luz a concentrar
no volume, que a deixa, inteira, assente
na gravidade interior de estar.

Qualquer coisa de paz. Ou,…

Leia mais


Mais poemas de Fernando Echevarría