Francisco de Oliveira Carvalho

Brasil — Poeta

11 Jun 1927 // 4 Mar 2013

6 Poemas

Principais Poemas

Improviso

Francisco de Oliveira Carvalho
Nem só de chuva
se tece a nuvem
nem só de evento
se inventa o vento.

Nem só de fala
se engendra o grito
nem só de fome
prospera o…

Leia mais


Tua Chama Incendeia o Meu Pensamento

Francisco de Oliveira Carvalho
Penso: logo tua chama
incendeia o meu pensamento
logo me entregas
as pálpebras da orquídea submersa
logo o dia amanhece
em todas as conchas do teu dorso
logo os meus…

Leia mais


As Amadas Passam como o Vento

Francisco de Oliveira Carvalho
Um dia percebemos que as amadas se evaporam
no ar como se nunca tivessem existido.
Sombras de pássaros na água

elas emigram para lugares distantes
ou talvez para alguma estrela…

Leia mais


Soneto à Rendeira

Francisco de Oliveira Carvalho
O linho é uma oração remota, nesse
fluir fabril de fio para a flor.
Move-se o coração da moça, e esquece
o tempo prisioneiro, em derredor

da sombra esguia que…

Leia mais


Prova Documental

Francisco de Oliveira Carvalho
Já assumi a solidão dos outros
já provei do enigma insolúvel
já calcei as botas do morto
já tive segredo e foi de água abaixo.

Já fugi ao encontro marcado…

Leia mais


Mais poemas de Francisco de Oliveira Carvalho