Cândido Velha

Portugal — Poeta

n. 18 Jul 1933

2 Poemas

Principais Poemas

Soneto de Natal

Cândido Velha

«E o terceiro Anjo derramou a sua taça nos rios

e nas fontes, ficando a água da cor do sangue.»

Apocalipse, 16:4


Não anuncio a paz, mas sim a ...

Leia mais


Natal Diferente

Cândido Velha

I


Catedrais de luz erguidas na cidade.

Neve artificial nas montras com brinquedos.

Soa um Cântico antigo no vento da tarde

que arrefece. Em cada rosto, em cada olhar,

um ...

Leia mais


Mais poemas de Cândido Velha