António Osório

Portugal — Escritor/Poeta

n. 1 Ago 1933

13 Poemas

Principais Poemas

A Meus Filhos

António Osório
A meus filhos
desejo a curva do horizonte.

E todavia deles tudo em mim desejo:
o felino gosto de ver,
o brilho chuvoso da pele,
as mãos que desvendam e…

Leia mais


Amo os Teus Defeitos

António Osório
Amo os teus defeitos, e tantos
eram, as tuas faltas para comigo
e as minhas; essa ênfase
de rechaçar por timidez; solidão
de fazer trepadeiras, agasalhos
para velhos, depois para…

Leia mais


Os Loucos

António Osório
Há vários tipos de louco.

O hitleriano, que barafusta.
O solícito, que dirige o trânsito.
O maníaco fala-só.

O idiota que se baba,
explicado pelo psiquiatra gago.
O legatário de…

Leia mais


Sítio Exacto

António Osório
Sei que não acaba
o teu prazer,
nem o meu.

Alguém
ama connosco
e nos leva
ao sítio exacto
das estações.

Nem o sono
depois nos pertence,
quinhão de outros…

Leia mais


Mãe que Levei à Terra

António Osório
Mãe que levei à terra
como me trouxeste no ventre,
que farei destas tuas artérias?
Que medula, placenta,
que lágrimas unem aos teus
estes ossos? Em que difere
a minha…

Leia mais


Mais poemas de António Osório