Alfredo Guisado

Portugal — Poeta/Jornalista

30 Out 1891 // 2 Dez 1975

6 Poemas

Principais Poemas

Ela, em meu Sonho

Alfredo Guisado

Ela vivia num palácio mouro...

Nas harpas, os seus dedos a espreitarem

como pajens curiosos, a afastarem

os cortinados todos fios de ouro.


As suas mãos, tão leves como as ...

Leia mais


Elogio da Desconhecida

Alfredo Guisado

Ela. Seus braços vencidos,

Naus em procura do mar,

Caminhos brancos, compridos,

Que conduzem ao luar.


Se ao meu pescoço os enrola

Eu julgo, com alegria,

Que trago ao pescoço ...

Leia mais


Outrora

Alfredo Guisado

Outrora alguém olhou com os meus olhos

E alguém sentiu também com meus sentidos.

Alguém foi Eu em sonhos derruídos,

Alguém viveu de mim ante os teus olhos.


Por isso ...

Leia mais


Ela no meu Olhar

Alfredo Guisado

Os meus olhos são Índias de segredos.

É Portugal seu Corpo esguio e brando.

E as cinco quinas, seus compridos dedos

Em suas mãos, bandeiras tremulando.


Seus gestos lembram lanças ...

Leia mais


Ante Deus

Alfredo Guisado

Quando te vi eu fui o teu voar

E desci Deus pra me encontrar em mim.

Voei-me sobre pontes de marfim

E uma das pontes, Deus, em meu olhar!


Aureolei-me ...

Leia mais


Mais poemas de Alfredo Guisado