Lindolf Bell

Brasil — Poeta

2 Nov 1938 // 10 Dez 1998

4 Poemas

Principais Poemas

A Palavra Destino

Lindolf Bell
Deixai vir a mim
a palavra destino.

Manhã de surpresas, lascívia e gema.
Acasos felizes, deslizes.
Ovo dentro da ave dentro do ovo.
Palavra folha e flor.

Deixai vir a ...

Leia mais


Do Amor

Lindolf Bell
Meu nome é:

eu-te-lavro-na-manhã-na-memória
eu-estou-estarei-contigo-para-sempre

Meu desejo é:
atenderei a tua sede
e esquecerei meu nome

Eternamente


Leia mais


As Profecias

Lindolf Bell
(fragmentos)

I

depois de tudo
minha casa permanecerá nos fundos

minguantes novos
cidades mortas
ruas desconhecidas

barcos de vento
perdidos sons

foi lá que brinquei de longe
e perdi-me de ...

Leia mais


Amor Mais Perfeito

Lindolf Bell
Amor mais perfeito
não é feito do fácil.
Floresce por dentro
embora se pretenda que cesse.
E quando nas águas da pressa
foge o amor mais depressa,
é tempo de ...

Leia mais


Mais poemas de Lindolf Bell


Veja Também

Belo, Ruy

13 poemas

Bento, José

2 poemas

Berto, Al

11 poemas


Mais autores