Garcia Resende

Portugal — Poeta/Cronista/Músico

1470 // 1536

2 Poemas

Principais Poemas

Não Receeis Fazer Bem

Garcia Resende
Senhoras não hajais medo
não receeis fazer bem
tende o coração mui quedo
e vossas mercês verão cedo
quão grandes bens do bem vem.
Não torvem vosso sentido
as cousas…

Leia mais


Novas da Corte

Garcia Resende
As damas nunca parecem
os galantes poucos são
cousas de prazer esquecem
os negócios vêm e vão
nunca minguam, sempre crescem.
Não há já nenhum folgar
nem manhas exercitar
é…

Leia mais


Mais poemas de Garcia Resende