Cecília Meireles

Brasil — Poeta/Escritora

7 Nov 1901 // 9 Nov 1964

Foi uma jornalista, pintora, escritora e professora brasileira. Sua principal obra é Romanceiro da Inconfidência (1953). Fonte: Wikipedia.

39 Poemas

Page 1 of 4
  • Next

  • Poemas

    Recado aos Amigos Distantes

    Cecília Meireles

    Meus companheiros amados,

    não vos espero nem chamo:

    porque vou para outros lados.

    Mas é certo que vos amo.


    Nem sempre os que estão mais perto

    fazem melhor companhia.

    Mesmo ...

    Leia mais


    Não te Fies do Tempo nem da Eternidade

    Cecília Meireles

    Não te fies do tempo nem da eternidade

    que as nuvens me puxam pelos vestidos,

    que os ventos me arrastam contra o meu desejo.

    Apressa-te, amor, que amanhã eu morro ...

    Leia mais


    Lua Adversa

    Cecília Meireles

    Tenho fases, como a lua,

    Fases de andar escondida,

    fases de vir para a rua...

    Perdição da minha vida!

    Perdição da vida minha!

    Tenho fases de ser tua,

    tenho outras ...

    Leia mais


    De Longe Te Hei-de Amar

    Cecília Meireles

    De longe te hei-de amar

    - da tranquila distância

    em que o amor é saudade

    e o desejo, constância.


    Do divino lugar

    onde o bem da existência

    é ser eternidade

    e ...

    Leia mais


    De Que São Feitos os Dias?

    Cecília Meireles

    De que são feitos os dias?

    - De pequenos desejos,

    vagarosas saudades,

    silenciosas lembranças.


    Entre mágoas sombrias,

    momentâneos lampejos:

    vagas felicidades,

    inactuais esperanças.


    De loucuras, de crimes,

    de pecados, de glórias ...

    Leia mais


    Personagem

    Cecília Meireles

    Teu nome é quase indiferente

    e nem teu rosto já me inquieta.

    A arte de amar é exactamente

    a de se ser poeta.


    Para pensar em ti, me basta

    o ...

    Leia mais


    Como se Morre de Velhice

    Cecília Meireles

    Como se morre de velhice

    ou de acidente ou de doença,

    morro, Senhor, de indiferença.


    Da indiferença deste mundo

    onde o que se sente e se pensa

    não tem eco ...

    Leia mais


    Canção do Amor-Perfeito

    Cecília Meireles

    Eu vi o raio de sol

    beijar o outono.

    Eu vi na mão dos adeuses

    o anel de ouro.

    Não quero dizer o dia.

    Não posso dizer o dono.


    Eu ...

    Leia mais


    Romantismo

    Cecília Meireles

    Quem tivesse um amor, nesta noite de lua,

    para pensar um belo pensamento

    e pousá-lo no vento!


    Quem tivesse um amor - longe, certo e impossível -

    para se ver chorando, e ...

    Leia mais


    Se te Abaixasses, Montanha

    Cecília Meireles

    Se te abaixasses, montanha,

    poderia ver a mão

    daquele que não me fala

    e a quem meus suspiros vão.


    Se te abaixasses, montanha,

    poderia ver a face

    daquele que se ...

    Leia mais


    Page 1 of 4
  • Next