Cabral Nascimento

Portugal — Poeta / Professor

22 Mar 1897 // 2 Mar 1978

3 Poemas

Principais Poemas

Natal

Cabral Nascimento
Se alguém por mim passou,
O seu caminho foi.
Nenhuma dor me dói;
Neste canto me isolo;
Dá-me tanto consolo
Saber que apenas sou!

Reduz-se tudo a isto:
Suavíssimo perfume…

Leia mais


Natal... Natais...

Cabral Nascimento
Tu, grande Ser,
Voltas pequeno ao mundo.
Não deixas nunca de nascer!
Com braços, pernas, mãos, olhos, semblante,
Voz de menino.
Humano o corpo e o coração divino.

Natal... Natais...…

Leia mais


Natal Africano

Cabral Nascimento
Não há pinheiros nem há neve,
Nada do que é convendonal,
Nada daquilo que se escreve
Ou que se diz... Mas é Natal.

Que ar abafado! A chuva banha
A…

Leia mais


Mais poemas de Cabral Nascimento