Cabral Nascimento

Portugal — Poeta / Professor

22 Mar 1897 // 2 Mar 1978

3 Poemas

Principais Poemas

Natal

Cabral Nascimento
Se alguém por mim passou,
O seu caminho foi.
Nenhuma dor me dói;
Neste canto me isolo;
Dá-me tanto consolo
Saber que apenas sou!

Reduz-se tudo a isto:
Suavíssimo perfume ...

Leia mais


Natal... Natais...

Cabral Nascimento
Tu, grande Ser,
Voltas pequeno ao mundo.
Não deixas nunca de nascer!
Com braços, pernas, mãos, olhos, semblante,
Voz de menino.
Humano o corpo e o coração divino.

Natal... Natais ...

Leia mais


Natal Africano

Cabral Nascimento
Não há pinheiros nem há neve,
Nada do que é convendonal,
Nada daquilo que se escreve
Ou que se diz... Mas é Natal.

Que ar abafado! A chuva banha
A ...

Leia mais


Mais poemas de Cabral Nascimento